Partes do violão: Conhecendo a anatomia do instrumento

por Danilo Oliveira

É muito comum encontrar pessoas que sabem tocar violão e sequer sabem o nome de cada corda solta, ou mesmo, de cada parte do corpo do violão.

Esse primeiro post vai tratar disso. Vamos das "nome aos bois" e falar sobre a função de cada parte no corpo do violão.

O violão é construído com vários tipos diferentes de madeira. A madeira do braço não é a mesma da escala. A da lateral não é a mesma do tampo, e por ai vai.
A qualidade das madeiras é o que vai definir a qualidade do instrumento.

Dificilmente um violão de "linha" (aquele violão de marca) que compramos em qualquer loja vai apresentar madeiras nobres em sua construção. Elas podem ser substituídas por outras, e com isso a qualidade do som é comprometida, mas ele não deixa de ser um violão.

Bom, vamos lá!






 1 - Cabeça ou mão


Mão
 É a parte onde ficam as tarrachas - que prendem as cordas. O formato da cabeça varia de modelo para modelo ou de luthier para luthier (construtor de instrumentos).

_________________________________________________________________________________
 2 - Pestana ou capotraste 


Pestana
 A pestana é uma pequena barra de osso, plástico ou madrepérola, fixada entre o início do braço e a cabeça. Possui um pequeno sulco entalhado para a passagem de cada corda. Isso permite o posicionamento correto das cordas. A pestana serve para apoiar as cordas na extremidade do braço. É o ponto de origem do comprimento das cordas e muitos o consideram como o traste zero.

_________________________________________________________________________________
 3 - Tarracha
Tarracha
A tarracha é uma peça que tem um pequeno mecânismo composto por engrenagens. Ela serve para prender as cordas na mão do violão e esse pequeno mecanismo possibilita que as cordas sejam esticadas ou afrouxadas com facilidade. É com ela (esticando ou soltando) que afinamos as cordas do violão.

_________________________________________________________________________________
 4 - Trastes 
Trastes
 Os trastes são pequenas barras (geralmente alpaca ou ligas de níquel) montadas sobre a escala e que definem os pontos exatos em que a corda deve ser dividida para obter cada uma das notas. Quando o músico encosta o dedo sobre uma corda ela pousa sobre a escala e fica apoiada sobre o traste. O comprimento vibrante da corda passa a ser aquele entre o traste e o rastilho.

_________________________________________________________________________________

 5 -  Escala 
Escala
 Feita de uma madeira diferente do resto do braço, como ébano, a escala é a parte do instrumento onde as cordas são apoiadas quando o músico quer dividir a corda. É sobre a escala que os trastes são montados.
_________________________________________________________________________________
6 - Mosaico ou Roseta
Mosáico
É uma peça artística colocada sobre o tampo, ao redor da boca do violão. Serve somente para decorar o violão. 

_________________________________________________________________________________
 7 - Braço 
Braço
O braço é a parte onde é colada a escala do violão. Note bem que a cor do braço é diferente da cor da escala. Essa diferença se dá por causa das madeiras diferentes. O braço pode ser feito de mogno ou de cedro.
_________________________________________________________________________________
 8 - Tróculo 
Tróculo
O tróculo é a extremidade mais larga do braço, usada para fixá-lo ao corpo e dar rigidez mecânica à montagem. Em geral o tróculo é entalhado na mesma peça do braço, mas também pode ser uma parte separada e colada ao braço e ao corpo.

_________________________________________________________________________________
9 - Corpo 


Corpo
 Apesar de parecer estranho, podemos dizer que tudo que não é o braço, é corpo.

_________________________________________________________________________________
12 - Cavalete
Cavalete
Cavalete é uma peça que fica colada no tampo do violão. O cavalete pode ter 6 ou 12 furos para a fixação das cordas. Além de prender as cordas, no cavalete também é colocado o  rastilho. Ele pode ser feito de Jacarandá da Bahia, Pau-ferro, Caviuna, Jacarandá Indiano, Ébano. 


_________________________________________________________________________________
14 - Fundo
Fundo
Construído da mesma madeira que as faixas, o fundo também é uma lâmina fina de madeira, cortada para preencher exatamente o contorno definido pelas faixas. Na verdade, não é constituído de uma única chapa, mas de duas partes simétricas fixadas no meio a um estrutura que se estende longitudinalmente ao corpo. O resultado é um fundo que não é plano, mas levemente curvo em direção ao exterior. Essa montagem permite a dilatação e faz com que alterações da madeira decorrentes de variações de temperatura ou umidade sejam absorvidas sem danos às lâminas.


_________________________________________________________________________________
15 - Tampo 
Tampo de cedro
O tampo é a madeira responsável pela "cara" do som do violão. É a parte da frente do violão. É constituído por uma única peça fina. É feito de pinho ou de cedro. 

_________________________________________________________________________________
16 - Lateral ou faixas  
Lateral
Feitas de madeiras resistentes à tração. A madeira preferida para esta parte do corpo é o jacarandá da Bahia. Como esta árvore está em risco de extinção, apenas luthiers que possuem estoques antigos utilizam essa madeira. Uma alternativa é o jacarandá da Índia. Também pode ser usado o mogno ou algumas outras madeiras como o pau-ferro. As finas lâminas, de no máximo 3 mm de espessura e com cerca de 3 a 5 cm de largura, são molhadas e moldadas no formato desejado do instrumento (normalmente no formato aproximado de um 8) com a ajuda de moldes de madeira e grampos. Após alguns dias as faixas adquirem a forma definitivamente. 



_________________________________________________________________________________ 
17 - Boca 
Boca
É por onde sai o som do violão.

      _________________________________________________________________________________
18 - Cordas 



Cordas de nylon

 No violão clássico tradicional, as cordas são de nylon. 

_________________________________________________________________________________
19 - Rastilho 

Rastilho
O rastilho é feito de osso. Ele fica preso em uma fenda que há no cavalete, e é responsável pelo apoio das cordas. Ele também regula a altura da ação das cordas.
_________________________________________________________________________________

Bom, por enquanto é isso. Em um outro post falarei sobre a parte interna do violão e o som.
Algumas informações eu peguei na internet, e as fotos - exceto a primeira numerada - são do meu violão feito pelo luthier Samuel Carvalho em 2007.

Espero que as informações sejam uteis.

Danilo



3 comentários:

  1. Obrigado Mestre, bacana o post e as explicações bem difundidas com relação ao nome empregado as partes do violão, seguirei no site procurando mais conhecimento, e agradeço novamente por se dispor a realizar está tarefa pouco reconhecida que é de ensinar da forma mais fácil e correta. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. na verdade o masaioco no violão serve pra evitar rachaduras na boca do violão , onde ele define se o violão vai ser mais grave ou agudo !

    ResponderExcluir